segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Retorno de Mim



Aprendi a me deixar podar pela vida.

Deixar que me arranquem os galhos, tal braços, sem dó,
                                       ou com dó, tanto faz...
mas que me arranquem inevitavelmente
                                       e façam de mim o que eu nem sei.

E se eu não souber tudo bem, porque aprendi também a voltar...
mais alta e mais graúda,
do tamanho de um coqueiro na praia deserta.

Também aprendi a me balançar na praia e até a tocar as ondas.
Tudo me deixa forte. Tudo um dia me deixará forte.

E nada me deixará, nunca mais, seca... agora eu posso amar.



Leila Krüger.

16 comentários:

  1. Leila,
    Palavras, além de lindas, muito sábias.
    Obrigada por compartilhar este blog comigo.
    Irei acompanhá-lo.
    Parabéns!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Ah, que a vida um dia ensine-me assim, desse jeito... Pleno, lindo, profundo, intenso, amiga! Adorei... Bj!

    ResponderExcluir
  3. Oi Leila!

    Lindos teus escritos!! Vou te incluir na minha lista de blog, assim posso te acompanhar.



    Um beijo!!

    ResponderExcluir
  4. Leila,
    Vim agradecer o carinho, postado no meu Cantinho!
    Me encantei com a tua sensibilidade que nos permite ver além das palavras, os teus mais belos sentimentos...!
    Lindo demais...Parabéns!

    Sigo-te com muito carinho!
    Beijos.

    Suzy

    ResponderExcluir
  5. Gostei e já sigo.

    obrigada pelo comentário!

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde.

    Texto lindo!!

    Tem uma frase do Fernando Pessoa, que reafirma isso:
    "AS PEDRAS QUE ENCONTRO NO CAMINHO, GUARDO TODAS; UM DIA, CONSTRUO UM CASTELO".

    Um grande abraço.
    Maria Auxiliadora (Amapola)

    Estou lhe seguindo.

    ResponderExcluir
  7. Leila,

    Lindo seu poema. Parabéns por esse seu espaço tão legal e obrigada por estar comigo lá no Amadeirado. Também já estou te seguindo.
    Bjkas com hiper carinho e uma semana iluminada pra você!

    ResponderExcluir
  8. Gostei do blog, tá de parabéns.. Estou seguindo você!! Espero que me siga de volta!!


    http://marcelohubbard.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Nossa ... perfeito o que você escreve...
    Adorei seu blog apesar de estar no começo, já estou seguindo, se curtir segue também:
    http://enredodeideias.blogspot.com/
    abç

    ResponderExcluir
  10. Sitting, já tava te seguindo, gostei do teu blog... Bjo!

    ResponderExcluir
  11. Oow ^^ aah bacana que vc curtiu... O Blog é meu e de minha amiga Jéssica Cunha, espero vc sempre por lá!!bjus boa tarde ai p vc...

    ResponderExcluir
  12. obrigado por seguir linda. aqui tbm é muito fofo ! que voce tenha muito sucesso.

    bjs :*

    ResponderExcluir
  13. Que linda a postagem, gostei muito! seguindo também... vou sempre passar por aqui... beijos, se cuida! =D

    ResponderExcluir
  14. "...garra polida sentida
    pela nuca da mais pura fibra
    de dentes úmidos do músgulo
    intenso dos flancos imensos
    silênciosonhos retidos
    na névoa da retina
    que atiça-me vê-la
    abrupta rompendo
    os tornozelos do poento
    crepúsculo comum
    dardo insone costurado
    às vigas dos meus cotovelos..."

    www.escarceunario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Adorei e também vou seguir!
    Suas palavras são lindas e ainda bem que nos cruzamos, é a nossa linha vermelha... :)

    Beijinho,

    ResponderExcluir