segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Reencontro e Anoitecer

 Desculpem a demora para postar! Também vou visitar os blogs que me visitaram. Hoje vou postar uma divulgação do meu romance "Reencontro" e uma prosa poética que escrevi, chamada "Anoitecer".



Quero divulgar minha página de autora no Skoob, que criei dia 15 de janeiro, e a página do livro "Reencontro" no Skoob!!! Que tal adicionar o livro "Reencontro" à sua estante?
 Lembrando que tem o primeiro capítulo na seção "O Livro" do hot site de "Reencontro".

 Curtam a página de "Reencontro" no Facebook, cliquem em "Promoções" no menu à esquerda e em "Participar" e concorram a exemplares autografados!!!




E agora, uma prosa poética que escrevi.

ANOITECER

O vento tem cheiro de chuva, as nuvens se estendem como véus no azul que se despede, a noite chega. Chega a noite com leveza e crueldade. A noite para quem não quer vê-la chegar...

    Há no ar o perfume doce e viciante de um passado que ainda se vive, e outro perfume denso e exótico de um futuro que não se move. Misturam-se os aromas incompatíveis com estranheza no vento incólume, que se resume a dançar. Entre os prédios espetados no céu como estacas, entre as antenas de TV que tudo captam, entre as rodas dos carros e as pernas dos cansados que simplesmente vão, canta o vento uma sombria canção que punge. Que pune. Que encanta, antes de castigar.

    Estão todas as nossas memórias e nossas desculpas encarceradas na indolência dorida do anoitecer. Na calmaria das coisas e na beleza das coisas que se despedem com o dia. Que se insinuam com a noite, amante do vazio e do vinho.

Há de haver uma estrela boa que guarde uma paisagem verdadeira, aonde se chega com o olhar e que se toca com lágrima. Há de haver volta, quando o vento silenciar...
   
 Boa semana!!!

11 comentários:

  1. Olá Leila, tudo bem??
    Que bom que vc está de volta, curto muito sua página.

    *Seu livro parece ser muito bacana de se ler, depois vou compra-lo com toda certeza..

    Um grande beeeijo....

    ResponderExcluir
  2. Linda a prosa poética. Doce e exótica. Parabéns e boa sorte nas divulgações! Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Oi fofa queria te pedir um favor, poderia votar em mim no concurso do Trechy teen (http://s2meh.blogspot.com/p/parcerias.html)Blog Raymiga
    obrigada

    http://Raymiga.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Nossa que bacana, não conhecia o seu livro. Li a sinopse e adorei, já adicionei no Skoob. E obrigada por seguir meu blog :)

    Beijos&beijos
    Book is life

    ResponderExcluir
  5. Você escreve tão bem! Li a sinopse do seu livro e amei! Tenha um ótimo dia!!

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde,

    Gostei bastante da sinopse do seu livro e fiquei curioso, gostei do blog e já estou seguindo, segue o link do meu para conhecimento: http://devoradordeletras.blogspot.com/

    Abçs e sucesso!!

    ResponderExcluir
  7. Escrever é uma arte que deve ser preservada!

    ResponderExcluir
  8. Ahh! Adorei o novo título do blog!
    É a mais pura realidade!!

    E a prosa poética é simplesmente maravilhosa... vc tem um dom muito especial: traduzir sentimentos em palavras... e mais: palavras que traduzem os sentimentos dos outros tbém!
    Parabéns, minha flor!

    Bjos.

    ResponderExcluir
  9. Olá Leila, minha querida!!

    Passei pra te contar que fiz a postagem sobre os cavalos selvagens que te pedi... está neste link: http://meumundoestranhoeumpoucomais.blogspot.com/2012/01/gente-agora-vou-postar-um-trecho-do.html#comment-form

    Aproveito a ocasião pra dizer que mudei o nome e o endereço do meu blog.
    Ficou assim: DE TUDO UM POUCO... e UM POUCO DE TUDO!
    http://meumundoestranhoeumpoucomais.blogspot.com

    Beijos e Até!
    Tandorí Tiamat.

    ResponderExcluir
  10. Olá Leila! Saudações Literárias.
    Passei por aqui e achei muito bem cuidado e interessante o seu espaço.
    Parabéns!
    Sempre que eu puder voltarei para ver as novidades.

    ♥ Abraços de Luz ♥
    http://iluminandoavida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir