segunda-feira, 23 de abril de 2012

Decida

  
 Hoje tomei uma decisão. Uma decisão que vinha adiando há tempos, mas que já se desenhava em meu coração com certa timidez. Se decidi errado, tudo bem, mas decidi. Descobri que um dos grandes problemas da minha vida, e talvez da vida de muitos, é não decidir. E assim o tempo vai passando. Não decidir já é decidir ficar onde está, e onde estamos pode não ser o melhor lugar para nós. 
 O coração engana, sim. Mas também acerta aquilo que a cabeça nunca conseguiria. Coloquei minha cabeça na forma do coração. Cansei de fórmulas prontas, de pessoas que sabem tudo, de caminhos certos. Não vou jogar tudo para o alto, mas vou confiar naquilo que não vejo, ou melhor, que só o coração vê.
 "Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos"... 
 Precisamos decidir. Tudo é possível a quem decide e tem fé!

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Distância



Que distância é essa entre meu espelho e os olhos alheios? Entre a bondade imaginária e a gelidez evidente... Que distância é essa entre meus olhos profundos e os olhos rasos do mundo? Que distância é essa entre eu e o resto? Entre eu e o tudo? Entre eu e o vento...

E a proximidade do nada, que de repente abraça como se abraça um estranho na estrada. Somos estranhos no breu – todos e eu.

        Que distância é essa que me ama? E meu nome chama na tarde linda...

        E nunca termina...



        (Leila Krüger. 2012.)


       
       Reencontro tá quase metade do preço no Walmart, no Extra, no Ponto Frio e nas Casas Bahia!
       
        

domingo, 8 de abril de 2012

Encontre


Encontre quem acredite em você. Encontre quem te abrace ou sorria quando você disser que não pode. Encontre quem fale o que você precisa ouvir, seja bom ou ruim. Quem fale coisas ruins sem te magoar. Encontre quem nunca deixe de te falar coisas boas, e as fale inesperadamente. Encontre quem não te julgue (demais) por seu passado. Encontre quem veja em você o que quase ninguém vê: a melhor parte de você, e as partes que você gostaria de mostrar. Encontre quem te escute, mesmo sem dizer nada às vezes. Encontre quem diga alguma coisa que te conforte, quando você falar que está triste ou com medo.

Encontre quem veja beleza nas flores, no céu azul, nos pássaros cantando, no mar e em coisas simples como um olhar. Encontre quem saiba ver seus olhos, e em cujos olhos você possa descansar. Encontre quem possa perdoar, e a quem você naturalmente perdoe. Encontre quem seja diferente de você, e às vezes brigue com você, e não concorde sempre com suas ideias nem com seu mau-humor; mas que no fim te abrace. E sorria. E que, quando você sentir não ter mais nada nem ninguém, seja seu. E te leve a Deus, e te mostre um caminho. Encontre quem encontre seu coração entre os espinhos, e o guarde em um abrigo. 

Encontre quem dê fim à guerra. Encontre quem te espera. Encontre quem você chame delicadamente de amor, e que te faça esquecer que uma vez você não acreditou...

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Resultado do sorteio de Reencontro

 Ontem saiu o resultado do sorteio do livro Reencontro + marcador na página do livro Reencontro no Facebook! Quero parabenizar a 
 ISIS ACCIOLY!!!

Resolvi fazer um sorteio extra, para agradecer a todas as pessoas que estão curtindo a página e especialmente às que participaram do sorteio, clicando em Promoções, Participar!!! Quero parabenizar o
TIAGO PEDRO!!!

 Tem a PROMOÇÃO 750 SEGUIDORES: ao chegar a 750, vou sortear 1 livro Reencontro + marcador entre quem segue o blog!

  

 Por fim, vou postar um poema que fiz:
 
 MAR (Leila Krüger)

É importante acreditar
os pássaros voltarão a pousar
nas flores lindas
- e lindas!
do teu olhar...

Flores vermelhas
esperam
mar.



 Boa semana!!!