quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Carta de um mestre

Bom dia!

Hoje quero expor uma carta que recebi do poeta Ivan Junqueira no final de 2013, um dos maiores nomes da poesia brasileira, membro da Academia Brasileira de Letras, em reposta ao envio do meu livro de poemas A Queda da Bastilha, 2012, ed. Confraria do Vento - Rio. Fiquei muito feliz com o retorno e o aval de um grande mestre. Vocês podem saber mais sobre o Ivan Junqueira aqui e aqui.

Sobre meu livro A Queda da Bastilha, acesse meu site e conheça melhor!

A carta:

"Minha caríssima Leila: Muito grato por confiar-me seus íntimos "recônditos". Entre outros, o poema "Escorpião" o atesta de forma cabal. Gosto da maneira como você esgrima o verso livre: contida, concisa, mas com a dose cera de liberdade que ele vos faculta, ou seja, sem torná-lo "libérrimo", como certa vez ironizou o poeta Paulo Mendes Campos, "A Queda da Bastilha" é uma estreia promissora, sobretudo para quem veio da ficção. Talento é assim: ignora fronteiras e mistura gêneros. Abraço afetuoso do seu,

Ivan Junqueira.

Rio, I.VIII. 2013"

Nenhum comentário:

Postar um comentário